cuidados com a pele do pescoço

Sempre relegado, essa é uma região crítica! Vamos apontar aqui os principais cuidados com a pele do pescoço.

A pele do pescoço é mais sensível e propensa ao ressecamento, marcas e flacidez, já que tem menor número de glândulas sebáceas responsáveis pela produção de secreção que protege a pele. Assim, esta pele é mais seca, mais fina, mais vulnerável ao envelhecimento e também à ação contínua da gravidade.

As laterais do pescoço estão muito expostas às radiações solares e o hábito de usar filtro solar no dia-a-dia sempre fica relegado ao esquecimento. Dessa forma, manchas, avermelhamento, vasinhos, ressecamento e perda de elasticidade traduzem o famoso “foto envelhecimento”, que pode ocorrer independentemente da idade cronológica.

Principais fatores que geram ou agravam o dano à pele do pescoço:

  1. Exposição Solar: a perda de elasticidade, manchas e flacidez decorrente da exposição solar, que é cumulativa, podem se mostrar desde o 25 anos e modificam o aspecto especialmente das laterais do pescoço com aparência avermelhada, coloração irregular, manchas claras e escuras alternadas e textura frouxa.
  2. Fator Genético: pele clara e olhos azuis são características das etnias nórdicas, de modo geral, muito vulneráveis ao foto envelhecimento pelas radiações solares, já partindo de teores menores em colágeno dérmico do que as peles mediterrâneas, orientais ou morenas e negras. Nestes casos, o cuidado deve ser redobrado, evitando tudo o que possa aumentar o desgaste das fibras colágenas (sol, fumo, ingestão excessiva de álcool, etc).
  3. Má postura e má posição durante as horas de sono: refletem-se logo na pele do pescoço, com linhas horizontais chamadas de “colar de Vênus” e acúmulo de gordura sob o queixo. Esta última, também influenciada por fatores genéticos e sobrepeso. A posição ideal para dormir seria a de “Bela Adormecida”, com travesseiro bem macio (plumas) encaixado logo abaixo da nuca, de forma a permitir que o pescoço fique reto e sem dobras. Postura sempre firme e reta contribui para a prevenção de marcas e queixos-duplos.
  4. Fumo: Consome o colágeno da derme mesmo com consumo pequeno, de poucos cigarros por dia, favorecendo a perda precoce da elasticidade e o aparecimento de rugas horizontais e flacidez.
  5. Ingestão excessiva de álcool: especialmente nas mulheres, a ingestão excessiva do álcool leva ao acúmulo de radicais livres em consequência da degradação do colágeno. É bom lembrar que o organismo feminino é mais frágil, mais delicado e não suporta a mesma ingestão alcoólica do que o organismo masculino que além de ser mais resistente, parte de um teor maior de colágeno na cútis.

Quais os principais tratamentos e cuidados com a pele do pescoço?

Medida #1: Proteção solar

A primeira medida a ser tomada é o uso de filtros solar em hidratantes diários e especial cuidado com FPS altos em situações de grande exposição, como praia, piscina e esportes.

Medida #2: Correção da postura

Em seguida, endireite sua postura! Corrigir a postura e também a posição ao dormir é fundamental.

Medida #3: Utilizando cremes para cuidados com a pele do pescoço

Os cremes para cuidados com a pele do pescoço devem conter substâncias que agem profundamente na pele. Os mais usados são a vitamina C tópica, o ácido glicólico, o hormônio feminino estradiol, o ácido retinoico e outros estimuladores de fibras colágenas como glycans e o densiskin, tensores de superfície como Instensyl e Liftline. Princípios ativos como ceramidas, PcaNa, ureia, ácido hialurônico, entre outros, aumentam a retenção de água na pele, lubrificando sua camada mais externa e acalmando irritações. Sendo a pele mais fina e sensível, o uso de ácidos requer concentrações mais suaves do que as usadas em face, em veículos mais protetores e com maior poder de hidratação

Para a gordura que se acumula sob o queixo, usam-se além dos ativos consagrados para aumentar a firmeza da pele, ingredientes com a finalidade de queimar gordura, para agir na região imediatamente sob o queixo, onde com facilidade tecido adiposo indesejável se acumula. Exemplos de substâncias eficazes são thiomucase, cafeína e hialuronidase.

Os cremes devem ser aplicados com movimentos circulares sem grande preocupação com o sentido dos movimentos, pois isso realmente não importa. As massagens apenas aumentam ligeiramente a penetração imediata dos ativos pelo leve aumento de calor local e vasodilatação.

Quais os principais procedimentos especiais disponíveis no mercado?

  1. Botox (toxina botulínica) em ténica de Nefertite. Indicação: eliminar as pregas verticais decorrentes da flacidez do músculo platisma (as chamadas bandas verticais, popularmente denominadas “pescoço de peru”) e definir o contorno facial da junção com o pescoço, junto aos maxilares. Faz um efeito “lifting”, suspendendo as estruturas laterais do pescoço.
  2. Peelings. Indicação: remoção de manchas, ruas e vincos; melhora na textura e firmeza.
  3. Lasers (STARLUX 1540 fracionado e Luz Pulsada Starlux G). Indicação: aumento da firmeza e apagamento parcial do foto envelhecimento (manchas, sardas e vermelhidão).
  4. Radiofrequência (Accent). Indicação: aumento da firmeza da pele do pescoço, definição do contorno facial, diminuição da gordura sob o queixo (papada). A emissão de radiofrequência do Accent é potente e aquece profundamente os tecidos, aumentando a produção e colágeno que leva à maior firmeza, assim como promove a mobilização da gordura depositada sob o queixo. Pode ser usado isoladamente ou junto com outros procedimentos.
  5. Preenchimentos suaves e hidratantes injetáveis: Para as rugas horizontais em colar, pode-se lançar mão de ácidos hialurônicos de baixa densidade e baixa reticulação para não fazer volume, com o intuito de esmaecer as marcas que ficaram horizontalmente, comprometendo o aspecto geral do pescoço. Estas injeções são aplicadas com agulhas finíssimas de maneira bem superficial e, além de por si só já atenuar de maneira imediata as rugas em colar, estimulam em cerca de 15 dias a produção de novo colágeno, aumentando seus resultados. Existem vários produtos disponíveis e cada médico escolhe o mais apropriado para determinado caso.
  6. ATX: ainda não disponível, mas já aprovado pelo FDA americano, a substância injetável que irá reduzir a gordura acumulada sob o queixo, entre o rosto e pescoço, dando mais firmeza à região. Em menos de um ano deverá começar a ser aplicada por dermatologistas e cirurgiões plásticos no mundo todo.

Conclusão

Os cuidados com a pele do pescoço podem e devem ser tomadas diariamente, com medidas mais simples, como a proteção solar e a correção da postura (inclusive ao dormir). Um segundo passo pode ser a aplicação dos cremes. Para tratamento com algum procedimento sempre recomendamos que primeiramente seja realizada uma consulta em seu dermatologista para a indicação do procedimento que melhor se adapta às suas necessidades e à situação.

Gostou dessa matéria? Leia também o post Rugas: como prevenir e quais produtos usar? e conheça quais são os melhores tratamentos disponíveis para reduzir as rugas.


Para mais dicas e informações interessantes como essa, curta nossa página no Facebook e fique por dentro das novidades do mundo da beleza e da saúde!

Escrito por Blog Ligia Kogos

    4 Comentários

  1. Aída Fátima Medeiros Teixeira 29 de julho de 2017 at 20:49 Responder

    Boa noite, esses creme citados são de fabricação da D. Ligia? se não,onde podemos adquiri-los?obrigada.

  2. Paloma Fernandes 14 de agosto de 2017 at 16:22 Responder

    Olá Ligia,

    adorei o artigo… com certeza quero comprar… têm algum cupom de desconto por sua loja?

    Att,
    Paloma

    • Ligia Kogos 17 de agosto de 2017 at 15:42 Responder

      Paloma, boa tarde!
      Em nossa loja você pode ganhar um desconto de 10% em sua primeira compra. Acesse nosso site: https://www.ligiakogosdermocosmeticos.com.br/
      Assim que você acessar a página de finalização do pedido, aguarde por algum tempo até aparecer um pop. Seguindo as instruções desse pop-up, você irá receber o seu cupom por email. Depois, é só finalizar sua compra!

Envie um comentário