pele-ressecada

Clima Seco e Ar Condicionado: principais causas da Pele Ressecada

O clima muito seco que temos enfrentado nos últimos meses, com baixa umidade do ar e temperaturas mais baixas, é responsável por vários desconfortos, tanto nas vias respiratórias e no organismo em geral, quanto em nossa pele, que se torna nitidamente ressecada. 

O grau deste ressecamento varia conforme fatores individuais, condições ambientais, e circunstâncias especiais tais como banhos muito quentes. Contudo, as queixas de coceira e pele descamando em braços, pernas, e tronco vem aumentando em pessoas das mais diversas idades.

Nossa pele, em clima fresco e seco, perde parte de sua lubrificação natural, o que pode acarretar descamação, ficando com aspecto áspero e ressecado. A renovação das células cutâneas se acelera, fazendo com que apareça coceira. O ato de coçar, por sua vez, agrava ainda mais a agressão sofrida pela pele, e podem surgir áreas de verdadeiro eczema com placas vermelhas, muito secas, irritadas e até mesmo arranhadas!

Pálpebras, mãos, pés, face, pernas, braços, narinas, e lábios se tornam ardidos, ásperos, secos, grossos, e descamativos, fazendo com que nos “lembremos” da existência deles ao longo do dia, sentindo até a necessidade premente de passar algo que nos alivie. A coceira e o ardor estão frequentemente presentes e levam as pessoas aos médicos, que muitas vezes confundem o quadro com alergias a alimentos, medicamentos e roupas.

Longas horas no ar condicionado, quente ou frio, também são responsáveis por pele ressecada e sensível.

Prevenindo, protegendo e solucionando o ressecamento da pele

Para atravessar com êxitos esta época tão seca, tenha em mente a importância da hidratação para pele. Procure usar sabonetes suaves e com poder umectante. Não é preciso sacrificar o prazer de um banho quente. Capriche na hidratação logo após sair do banho e evite usar buchas para esfregar as áreas irritadas. A hidratação da pele seca é mais eficaz com produtos encorpados, à base de ureia, silicones, dimethicones, germe de trigo, óleo de avelã, de uva, manteigas, alantoína e pantenol, dando maior atenção às pernas, braços, mãos e pés.

Até mesmo as unhas podem se desfolhar, tornando-se riscadas e quebradiças, demandando cremes lubrificantes. O ideal é hidratá-las com cremes consistentes diariamente, ou pelo menos uma vez por semana, deixando-as sem esmalte por pelo menos uma noite.

No rosto, após a limpeza, aplique creme hidratante, tanto pela manhã como à noite, dando preferência aos que contém dimethicones que impedem a perda de água para o ambiente.

ebook cuidados com a pele no inverno

Protetores labiais à base de potentes umectantes como vitamina E, ceramidas, dimethicones, lanolinas, protegem a delicada região dos lábios contra rachaduras. Além disso, os deixam mais bonitos. Protegem, lubrificam e hidratam sem deixar a boca com aspecto gorduroso. Existem no mercado produtos que podem ser usados por todos, homens, mulheres e crianças. 

Cabelos também merecem atenção!

Cabelos com tendência a ressecamento ganham definição, vida e proteção com silicones voláteis aplicados nos fios. O ideal é usá-los nos cabelos após a secagem. O efeito benéfico é imediato.

Desta forma toda a sua pele agradecerá o cuidado, respondendo com maciez e bem estar.


Se você achou este assunto interessante, não deixe de seguir nossa página no FACEBOOK que traz dicas de saúde e beleza diariamente!

Escrito por Blog Ligia Kogos

Envie um comentário