Demaquilante: sua importância na remoção da maquiagem

Ceder à preguiça, se jogar na cama morta de sono sem retirar bem a maquilagem é um pecado que se paga com ar abatido, pálpebras inchadas, pele grossa e sem vida no dia seguinte. É inútil tentar “aproveitar” a maquilagem do dia anterior, pois ela estará “craquelada” e imperfeita. Se você se identificou com esses pontos acima, esse artigo vai te ajudar muito. Confira!

Os problemas em dormir com maquiagem

A provável obstrução de poros, tanto pela secreção de nossas glândulas sebáceas, como resíduos do make up deixados por toda a noite, pode resultar também em cravos e espinhas.

Além disso, resquícios de rímel, sombras e blushes, permanecendo na pele enquanto dormimos, quando involuntariamente lacrimejamos e esfregamos nosso rosto, podem esfarelar, entrar nos olhos, desencadear irritações nas pálpebras e demais regiões da face, fazendo com que despertemos com aspecto cansado, inchado e abatido.

Os olhos parecem “pisados” e menores, pálpebras congestionadas e aspecto geral ressecado.

Solução emergencial: acordando com maquiagem

Em casos extremamente emergenciais, ou seja, se você chegou muito cansada mesmo e foi dormir com maquilagem, o melhor pela manhã é retirar os restos de make up borrado e esfarelado com Óleo Demaquilante na região dos olhos e Leite de Limpeza em todo o rosto para que consigam limpar eficientemente e sem esforço, lavar bem o rosto com água moderadamente quente e sabonete líquido que faça boa espuma reconfortante, para desinchar e ativar a circulação. Em seguida, passe com disco de algodão um Tônico ou Adstringente, de acordo com seu tipo de pele. Isto desobstruirá os poros sobrecarregados por toda a noite e a pele parecerá revitalizada.

Para finalizar, aplique hidratante leve e fino, com tensor de efeito Cinderela, para esticar o rosto e desvanecer o ar de quem “acordou agora”. Estará pronta para uma nova maquilagem.

Demaquilante: sua verdadeira importância

A importância dos demaquilantes, tanto os que removem produtos polimerizados à prova d’água (para região dos olhos) como os leites de limpeza (usados em toda a face) reside em serem muito práticos e deslizarem, levando consigo facilmente todos aqueles horríveis pedacinhos de rímel, delineador, sombras cintilantes com partículas metálicas, bases de alta cobertura, pós faciais, batons de longa permanência e todo o arsenal que há por baixo, tais como filtros, primes, hidratantes e sabe Deus mais o que… Assim, você terá mais chances de vencer a preguiça!

Falemos a verdade: quanto mais difícil for retirar a maquilagem, maior a probabilidade de você ser vencida pelo cansaço e deixar essa maquiagem irritar seu rosto a noite. Só de imaginar a luta para purificar pálpebras e cílios, sem arrancá-los (é claro), já dá um grande desejo de deixar para o dia seguinte.

Se a noite estiver fria, você talvez acalente a ideia de que não precisará lavar o rosto, e depois dos demaquilantes, um refrescante tônico ou adstringente passado com algodão, com você quase dormindo, dará o toque final.

A maquilagem diária pode servir como forma de proteção, mas sempre se deve considerar se os produtos tiram bem mesmo qualquer resíduo!

Removendo a maquiagem da região dos olhos

Os olhos demandam mais cuidados, também devido à necessidade de remover produtos à prova d’água, mais trabalhosos de se retirar, que não saem facilmente com cremes de limpeza ou sabonetes. São os rímeis à prova d’água, lápis de longa duração, alguns delineadores e sombras. Como a região é sabidamente delicada e sensível, pode ficar vermelha e inchar por simples atrito, ressentindo-se de produtos que entram nos olhos. Assim, é indispensável que quem usa make up mais sofisticado, use um bom demaquilante (geralmente oleoso, porém leve) que emulsionam rapidamente os polímero existentes no rímel, lápis e delineador, fazendo com que se desprendam dos cílios e pele sem necessidade de esfregar demais. Removendo bem a maquilagem dos olhos, evita-se o triste aspecto do “dia seguinte” com olhos cansados, borrados e olheiras.

Após passar o demaquilante na região dos olhos e remover bem a maquilagem, pode-se aplicar um creme de limpeza ou sabonete (líquido ou em barra) em toda a face, complementando com loção líquida (tônico ou adstringente) para limpar profundamente a pele e desobstruir os poros.

O demaquilante oleoso para a área dos olhos pode ser o mesmo para todos os tipos de pele e idades, pois será retirado em seguida nas etapas seguintes, com creme de limpeza, sabonetes, tônicos ou adstringentes. O creme de limpeza também pode não variar muito, mas a peça chave é a etapa final, com sabonetes e loções líquidas.

Limpando a pele após remover a maquiagem

Nessa hora entrarão os produtos específicos para cada tipo de pele, pois sua função não é apenas remover a maquilagem, mas também limpar as secreções de nossas glândulas cutâneas e desobstruir os poros.

Peles secas pedem cremes de limpeza encorpados, sabonetes delicados e tônicos suaves, ainda que sejam hidroalcoólicos para não perderem em eficiência. Peles mistas e oleosas precisam de sabonetes capazes de regular a oleosidade, normalizar as glândulas e desobstruir poros, complementando-se perfeitamente com adstringentes fortes, capazes de dar o aspecto refinado e limpo, tão necessário à beleza da pele.

Para concluir, podemos resumir as 3 lições sobre remoção de maquiagem:

  1. Nunca durma sem remover a maquiagem;
  2. Demaquilantes são fundamentais para uma remoção completa da maquiagem. Para a região dos olhos eles podem conter óleos sem nenhum problema;
  3. Após a remoção da maquiagem é necessário realizar uma limpeza com sabonetes e tônicos específicos para o seu tipo de pele.

Para saber de mais dicas sobre remoção de maquiagem e limpeza de pele, leia a matéria 4 Cuidados Essenciais para quem tem Pele Oleosa. E caso você também queira dar um novo visual para sua maquiagem, leita a matéria Maquiagem Bem Feita!

Escrito por Blog Ligia Kogos

Envie um comentário